sexta-feira, 14 de março de 2008

O Sol e a Lua


Ontem em conversa com uma amiga,(via msn) com quem á muito não falava,perguntei...
-Então como vão os amores(visto que da ultima vez que nos falamos ela estar entusiasmada com a ideia do casamento)..quando ela me respondeu,...
-As vezes ...nem sei...ás vezes bem.... outras nem por isso...........

Entretanto a net foi-se abaixo(sim porque também tem luas..) e ficamos com a conversa a meio..
Mais tarde enviou-me um sms(não vai de uma forma vai de outra..) no qual dizia, passo a transcrever:


Certo dia uma Estrelinha que brilhava no céu, virou-se para o Sol e perguntou:
-Oh Sol tu que és tão bonito e brilhas tanto, porque não te casas com a Lua?
-Eu? Casar com aquela p...., que anda sempre na noite, de quarto em quarto e ás vezes aparece cheia?
A Estrelinha foi embora um pouco triste, vai ter com a lua e pergunta:
-Oh Lua tu que estás tão solitária , porque não casas com o Sol?
-Eu? Casar com aquele ca.....ão que demora 12h a pôr-se e outras 12h a vir-se?!.....


Isto fez-me lembrar uma outra historia.
Lembro-me de ouvir a historia do Sol e da Lua...
Na criação do mundo, Deus determinou que , apesar de se gostarem muito ..Sol e Lua ficariam separados....
A Lua nunca se conformou, por isso o seu aspecto de tristeza, apesar de ter as Estrelas por companhia, que lhe foram enviadas pelo Sol, como sendo pedacinhos dele mesmo.
Já o Sol, passa a maior parte dos dias alegre, para ver se consegue alegrar a sua amada; embora de vez em quando, as saudades da Lua sejam muitas e então aí ele se esconda por detrás das nuvens para sofrer sozinho, sem que ninguém o veja.
Então ouve alguém que conhecendo a história dos dois pediu para que Deus reconsidera-se...E assim foi...mas apenas lhes foram concedidos uns breves momentos de vez em quando...o tal chamado eclipse, no qual o Sol se põe em cima da Lua...num abraço de saudade eterna ...que não cedo não voltam a partilhar... mas sempre que podem aproveitam todos os minutos... segundos...como se fossem os últimos...

Será que não deveríamos fazer o mesmo?..viver todos os bons momentos ,como se fossem mesmo os últimos...

PS:Quanto á minha amiga não sei o que quis dizer com o sms, talvez estivesse em quarto minguante...
mas logo de seguida (tenho certeza)vem uma fase melhor, beijinhos pra ti...

2 comentários:

Ni disse...

Sim... talvez devessemos, mas como passariamos a sentir os eclipses?
Viver de dentro para fora é uma missão bonita... mas tantas vezes difícil de concretizar...

Vou voltar.

Bjinhos

de dentro pra fora.... disse...

Os eclipes...são sempre momentos muito especiais ,..sejam da lua e do sol ou de nós mesmos...ás vezes surgem e nem damos por isso...ou porque á demasiadas nuvens no céu...ou então porque o quadrante é outro...
são estes que devem ser vividos intensamente....

gosto de te ler..
e vou gostar que voltes..
serás sempre bem-vinda....