quarta-feira, 30 de abril de 2008

Pois é acabei de receber este premiozinho,

este foi-me atribuído pela menina que tem um quarto de fada .

A quem desde já agradeço.

Agora só tenho de o atribuir a 7 blogs á minha escolha.

A escolha vai ser difícil, pois gosto de muitos...

Mas lá vamos.....e os nomeados são:....

chocolate e menta

ternura infinita

jogo de palavras

teardrops

azul bebé

adouro-te

coisas de mim

Por hoje são estes, para a próxima(se houver) logo se verá

Agora como de costume, é só agarrar no vosso prémio e oferece lo
a outros 7 da vossa preferência.

Um corpo de mulher..


"Declaração de género sob a óptica masculina"
Não importa o quanto pesa. É fascinante tocar, abraçar e acariciar o corpo de uma mulher.
Saber seu peso não nos proporciona nenhuma emoção.
Não temos a menor ideia de qual seja seu manequim.
Nossa avaliação é visual.Isso quer dizer, se tem forma de guitarra... Está bem.
Não nos importa quanto medem em centímetros - é uma questão de proporções, não de medidas.
As proporções ideais do corpo de uma mulher são: curvilíneas, cheinhas, femininas....
Essa classe de corpo que, sem dúvida, se nota numa fracção de segundo.
As magrinhas que desfilam nas passarelas seguem a tendência desenhada por estilistas que, diga-se de passagem, são todos gays e odeiam as mulheres e com elas competem.
Suas modas são rectas e sem formas e agridem o corpo que eles odeiam porque não podem tê-los.
Não há beleza mais irresistível na mulher do que a feminilidade e a doçura.
Inventada para que as mulheres a usem. Usem! Para andar de cara lavada, basta a nossa.
Os cabelos, quanto mais longos, melhor. Para andar com os cabelos curtos, bastam os nossos.
As saias foram inventadas para mostrar suas magníficas pernas. Por que razão as cobrem com calças longas? Para que as confundam connosco?
Uma onda é uma onda, as cadeiras são cadeiras e pronto. Se a natureza lhes deu estas formas curvilíneas, foi por alguma razão e eu reitero: nós gostamos assim.
Ocultar essas formas é como ter o melhor sofá embalado no sótão.É essa a lei da natureza...
Que todo aquele que se casa com uma modelo magra, anoréxica, bulímica e nervosa, logo procura uma amante cheinha, simpática, tranquila e cheia de saúde.
Entendam de uma vez! Trate de agradar a nós e não a vocês.
Porque nunca terão uma referência objectiva do quanto são lindas, dita por uma mulher.
Nenhuma mulher vai reconhecer jamais, diante de um homem, com sinceridade, que outra mulher é linda.
As jovens são lindas... Mas as de 40 para cima são verdadeiros pratos fortes.
Por tantas delas somos capazes de atravessar o Atlântico a nado. O corpo muda... Cresce.
Não podem pensar, sem ficarem psicóticas, que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18.
Entretanto, uma mulher de 40, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou está se autodestruindo.
Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência a culpas. Ou seja,
aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em Setembro, não antes);
quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (não se saboreia e não sofre);
quando tem que ter intimidade com o parceiro,tem com vontade;
quando tem que comprar algo que goste, compra;
quando tem que economizar, economiza.
Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza.
São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos 'em formol' nem em SPA...Viveram!
O corpo da mulher é a prova de que Deus existe.
É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados, e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesareánas e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.
Recebi por email, enviado por alguém, de quem gosto muito, a minha querida cunhada e comadre...
Não resisti, como estou (quase )incluída na linha azul, gostei particularmente dessa parte...
Digam, ainda á homens que sabem das coisas, hem!!

terça-feira, 29 de abril de 2008

Sorrir...

É verdade, agora temos dias para tudo.
Hoje é o dia nacional do Sorriso, sabiam?


E como sorrir, ou até mesmo rir, é das coisas que mais gosto de fazer...
embora eu ache, que esta coisa de criar dias específicos para as coisas
seja uma mera formalidade , a meu ver sem importância.
Será mesmo só para lembrar os mais distraídos.
Portanto, para aqueles que não tem o habito de sorrir,
vá lá....ao menos hoje...vamos dar um sorrisinho...
Para todos os outros,(tal como eu ) que adoram sorrir...
hoje é só mais um bom dia para continuar-mos a sorrir.
Eu sei que há sempre alguém, que por uma razão ou outra
não tem motivos para sorrir(hoje..), mesmo assim á que pensar,
"amanhã nasce um novo dia", e quem sabe não nasce também um novo sorriso.
Hoje, meninos e meninas, os sorrisos são aos molhes...
Porque ao molhe, sai mais barato...lol..
Dados,... oferecidos,... colhidos,... retribuídos...partilhados..
o importante é a hajam muitos, espalhados por toda a parte.
Pela parte que me toca(não por ser dia do sorriso)mas já tenho o meu
E vocês??!..
......
Atenção , hoje não valem os sorrisos amarelos...

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Á dias...












Pois, á dias em que me sinto assim....

Como que uma peça fora do lugar....


Ou será que o que falta é uma parte de mim?...



?......... as saudades...fazem destas coisas....




domingo, 27 de abril de 2008

Como o tempo passa..


P F
A I
R L
A H
B O
É T
N A
S




Parece que foi ontem...

Mas já se passaram 10 anos...

Para ti , parabéns, filhota do meu coração...


Espero poder acompanhar-te, algumas dezenas mais...




sexta-feira, 25 de abril de 2008

Liberdade...


Liberdade...acima de tudo, um estado de espírito...
Sinto-me livre....
~

Cá estou eu...

Pois bem...foi-me lançado um desafio,
e como eu não sou de fugir com "o rabo á seringa" cá estou para responder ao questionário lançado pela PATTI do ares da minha graça , para ela deixo um beijinho no coração..


Qualidades- amiga, bem humorada, positiva de pensamento, emotiva(ás vezes pode ser defeito )

Defeitos-faladora, impulsiva, emotiva(pode ser qualidade)

Gostos- adoro ler, passear de manhã á beira-mar, namorar, estar com a família, e é claro ir ás compras...

Não passarei-sem os meus amores do lado(são três)

Detestas-hipocrisias, falsos amigos,o frio,legumes..

Pessoa-que está do meu lado..

Família-porto de abrigo

Homem-o meu sogro

Mulher-a minha Mãe

Sorriso- o dos meus filhos

Perfume- Jovan, musc oil...

Carro- o meu...Audi A4

Paixão-"fogo que arde sem se ver"( bom de sentir),pela vida..

Amor-que me enche a alma, a vida de alegria..

Olhos-doces e meigos

Sal-dá gosto

Chuva-adoro chuva de verão

Mar- não me canso de o olhar, transmite-me paz..tranquilidade...

Livro-não consigo escolher um só, adoro ler...O diário de Anne Frank(o primeiro a marcar-me)

Filmes-Ghost, o espiríto do amor...

Musicas-Lover why, muitas outras ,tudo assim meloso.. :)

Dinheiro-este está caro, foge da carteira...lá vamos nós atrás, sempre ajuda ter algum..

Silêncio-ajuda a reflectir, gosto de o sentir quando o procuro...

Solidão- deve ser difícil viver com ela(não a quero, nem pra mim, nem prós meus)

Flor-as do campo, alegres , cheias de mil cores..

Sonhos-quem não os tem?!, gosto de sonhar acordada..

Cidade-a minha

País-gostava de conhecer a Grécia..

Não viverei sem-amor

Nunca deixar de-amar a vida, e tudo que ela me dá...



E já está, tudo respondido na hora , sem pensar muito...
Agora era suposto passar o desafio, mas vou passa-lo a todos que me visitarem
e que o queiram fazer, que todos que por aqui passem se considerem DESAFIADOS...


PS: Patti, adorei o prémio, as cores dizem bem com o meu blog, não dizem?



quinta-feira, 24 de abril de 2008

Eu fui..


Nas asas de uma gaivota,eu fui..
para onde o pensamento me levou..
Livre, solto, como só o pensamento sabe ser..
Voei pelas margens do rio,chegando até ao mar
Poisei na areia molhada, fui ao mar segredar,
meus suspiros meus ais...
De ti falei, de mim ouvi..
A ele abracei, a ti senti...
Gravei teu nome na areia,
mas por pouco tempo ficou,
veio uma onda levou-o...
Como se fosse um segredo
que o mar, mais uma vez guardou..

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Olhando...









Olhando o rio correr,

meus pensamentos corriam também,

velozes...pra longe...

Acolhendo a chuva que caí, no seu leito sereno,

iluminado por pontos de luz

que mais parece um manto de estrelas,

caídas do céu cinzento,que cobre a cidade,

que dorme, descansa, para um novo amanhecer.

Olho lá fora a cidade, o rio...

Procuro-te, nas margens do rio...

Espero...quero te ver...

O dia amanhece, o manto de estrelas,

deu o seu lugar no leito do rio,

aos raios de sol, que aquecem de novo o dia,

a cidade,.. as gentes que correm lá fora.

Continuo á procura,..não te encontro,..onde estás?!

Não te vejo no meio da gente que passa,

nas margens d'um rio que corre calmo, sereno...

Com o brilho do sol espelhado no rio,

espero-te,...abraço-te,...

na lembrança de um sorriso,..

te acolho,..te aconchego,..te afago,..

para de novo te deixar ir,

no pensamento que já vai,

juntamente com o leito do rio,

que corre calmo,..sereno...

terça-feira, 22 de abril de 2008

Miminhos...











Houve alguém que com muito carinho me deixou um miminho,
na sacola da sua , vida de praia desde já agradeço...
e aqui deixo alguns miminhos para quem eu gosto de lêr...


Branco Escuro
segredos
ares da minha graça
.. magia, palavras e outras coisas
Mistery
Loucuras
Poemas desarrumados



São apenas alguns....

PS: agora é suposto, fazerem a vossa escolha para atribuição dos miminhos

Estou de volta..









......sim, e como é bom estar de volta.

Apesar de ser curta esta minha ausência,


houve momentos em que senti a falta deste meu cantinho, e de outros que gosto de visitar.A solução foi mesmo pôr no papel,os pensamentos,..sentimentos, que iam passando por mim, ..prometo deixar aqui alguns...


Mas gostaria também de vos dizer que estou bem (embora tenha um período de recuperação pela frente, mas isso já ,já passa) .


Na verdade (não sendo nada grave) o que fui fazer era algo que há já algum tempo, precisava ser feito...por mim....para mim...e agora já está.


Gostava também de agradecer a todas aquelas pessoas, (embora saiba que provavelmente não me irão ler) que estiveram sempre por perto e me ajudaram sempre que precisei...a todas elas , OBRIGADO!..


Gostaria ainda de agradecer a alguém em especial, que esteve comigo dia e noite,..não só pela companhia, mas também pelo apoio que de alguma forma e sempre que precisou também, eu retribui, pois acho que não foi á toa que me baptizou de Srª Coragem (em tom de brincadeira eu dizia ser Coragem o meu nome do meio..) embora "ela"(coragem) de vez enquando teimasse em esconder-se ...eu lá ia á procura e sempre a encontrava... o que é bom. ..


Quero agradecer também o vosso carinho, e preocupação, para comigo, como vêem não vos menti....Eu fui ali...e já voltei.

domingo, 13 de abril de 2008

sábado, 12 de abril de 2008

Ésta agora ! ...


Esta noite, quando dei por mim,
não éramos dois na cama, mas sim três, imaginem...
Eu , ele e a outra,...aquela a que uns chamam de "Sónia"
conhecem?..pois eu sempre disse que eu e ela não nos costumamos cruzar(e ainda bem..), pois é , não é que essa fulana, hoje se veio enfiar na minha cama!...Rrrrr!... já me estava a passar, mas porque razão é que a dita se haveria de lembrar de me fazer uma visita ...e ainda por cima aquela hora!?
Querem lá ver, será que por trás desta calma aparente (eu esforço-me, juro que sim..)
há por aí uma pontinha de ansiedade a querer por o nariz de fora!..só pode ser...
digo eu.. pois logo eu que não tenho problemas em dormir (cá pra nós ,onde me sento assim mais sossegadita, fico..), hoje estou aqui a pensar no que ainda está para vir!.
Mas eu sou forte, á não que não sou...e nesta luta que travamos ,eu e a dita, eu consegui ganhar,(um bocadito a custo, confesso..)consegui levar-lhe a melhor.
A estratégia foi mesmo; calma ...muita calma...relaxa mulher...amanhã é menos um dia...
e depois já não contas os dias, começas a contar as horas...e pode ser que quando deres conta, a contagem tenha já chegado ao fim.
Isto de fazer contagens decrescentes, digamos que é um bocadito ( será que é só um bocadito?) stressante, mas isto passa.
Mesmo assim, acho que estou preparada para estas férias "forçadas", pois tenho para mim, que tudo vai correr pelo melhor, e que daqui a uns diazitos , estou aqui novamente , fresca que nem uma alface (nem que pareça já ter passado do prazo ), assim como assim que venha depressa o dia " D"( ou será o dia da "O"), e se possível que tudo passe mais depressa ainda.
Quanto á culpada deste texto, a dita, espero não a voltar a encontrar tão cedo, senão vejo-me obrigada a usar a força, da calma ....calma...relaxaaa...
PS:vou mas volto, até já...

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Onde estou...


Procuro-te,..
Onde andas?..Onde estás?..
Porque becos e ruelas
sem guardas,nem sentinelas ,
te perdes-te, me encontras-te...
Ou será que fui eu que me perdi de ti?
Procuro-te, não me encontro...
Será que estás em mim?..
talvez tatuado,
talvez no peito guardado...
Procuro-me , não te encontro..
O que serão nossos caminhos,
apenas dois destinos
sem rumo, sem curso...
cada um com seu percurso
Percurso em separado,
ou caminhamos lado a lado..
Incógnita , indecisão...
Estou aqui!...
Põe a tua mão na minha...
caminhamos pela escuridão?
Ou será que tanta luz ...
nos ofusca o caminho...
Vamos seguindo o destino
sem ter, tua mão na minha mão...
Procurei-te, perdi-me...
E tu?...procuras-te-me..
será que te encontras-te?..
Não sei se sim...
Não sei se não...
Aqui fica a indecisão...
Fica apenas a certeza,
d'aquele beijo no coração...

quarta-feira, 9 de abril de 2008

Tanta coisa..


...tanta coisa ainda para fazer, ... planear ...organizar,..
e eu aqui,...assim...


-Eih!.. tu...
-Quem eu!??...
-Sim!..tu...acorda,..então pés no chão,vá lá...
-Tens razão!(mas não me apetece dar-ta..) tenho de acordar,
mas será que estou mesmo a sonhar??




Não, não estou tola, ...sou mesmo assim,
de vez enquando gosto de falar comigo,..para mim..

terça-feira, 8 de abril de 2008

A espera..




-Então,como estás?..nervosa?..
-Nervosa!?..... tou tranquila,pelo menos para já...
-Ainda bem!..ia dizer-te para não ficares , mas se não estás, ainda bem...
-Sabes que era uma coisa que eu queria já á algum tempo, por isso estou á espera do dia , ainda bem que falta pouco...mas estou calmissima....

Não tenho muita paciência, (confesso)para esperas, acho que se pudesse pensar e fazer...seria o ideal, mas nem sempre pode ser assim...á que saber esperar.
A espera prolongada já chegou a ser dolorosa(pelo menos para mim). Sempre ouvi dizer que "saber esperar é uma virtude", como isso das virtudes não é comigo, também esta da espera não é facíl de se ter.
P'ra mim quanto menos tempo se esperar para fazer algo que se quer, ou que tem de ser feito , quanto mais cedo melhor, para quê prolongar os tempos?..se tudo se poderia resolver mais depressa(mas sem pressas..), mas não somos nós a gerir todos estes tempos de espera, embora também concorde que em certas alturas o tempo "é o melhor remédio" isto é; o saber esperar é fundamental...tenho de me aperfeiçoar nessa parte....embora ache que já sei esperar , e mais importante, já sei esperar com alguma tranquilidade...
Por isso cá estou...tranquilamente á espera...falta pouco ...muito pouco...

sábado, 5 de abril de 2008

Sábado..


...hoje sábado?...
7h da manhã ..toca a levantar, que se faz tarde,ainda á muito que fazer,
de qualquer forma não conseguia dormir mais,tal era a ansiedade,é natural
que não houvesse mais sono.

Vá vamos lá,primeiro á que ir ao cabeleireiro,fazer um penteado bem bonito
não esquecer de levar as flores para o cabelo, sim flores naturais, do campo, como eu gosto,simples como eu, lindas...

Ena quem foi que pôs as flores na arca frigorifica?..não era suposto ser no frio, para se manterem frescas?..e agora?..agora a solução é mandar fazer um novo bouquet...
ainda bem que foram a tempo...

Clic!..clic!..mais uma ,..agora com os pais...
sim ..isso mesmo um sorriso...perfeito...

A igreja...enfeitada,iluminada..tudo pronto...
a espera...o atraso...não ,não foi a noiva...e também não foi o noivo..
foi mesmo o padre, coitado não sabia o caminho do mosteiro...


O tempo a passar...e o padre? onde será que se meteu?...e agora,
á que procurar outro á pressa, para fazer o casamento....
...espera ,...não é preciso..
afinal conseguiram encontrar o perdido, coitado , já todo baralhado..com mil desculpas , mil perdões...

Vamos que se faz tarde, ....enfim...eu vos declaro , MARIDO e MULHER....
(no meio da cerimonia o padre continua confuso...esqueceu de dar a comunhão, mas eu nem reparei.)

As fotos ...os convidados...o almoço...a festa...enfim..
a noite já vem a caminho...passou tudo tão rápido, como um passe de mágica...
agora somos ..TU e EU...

Tudo isto , á 17 anos atrás e era sábado,.. um dia lindo de sol..de felicidade nos nossos olhos,
no nosso coração...

Que bom poder olhar para trás,...recordar..fazer o balanço, e concluir....
BALANÇO POSITIVO...

Agora já não somos só TU e EU...
somos NÓS e ELES, os nossos filhos...luz dos nossos olhos, que ajudam a iluminar este nosso caminho....

Planos para o futuro...continuar o caminho, lado a lado, e de vez enquando olhar para trás e dizer...


Valeu a pena....
PS: é claro que no meio das rosas também á os espinhos,...se assim não fosse não lhe dariamos o devido valor, nem saberiamos apreciar toda a sua beleza...

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Mais..


Mais do que palavras

preciso do abraço...

que me faz sentir,

o aconchego que preciso,

para descansar,..levantar,..

seguir...


Mais do que tudo,

preciso olhar-te nos olhos

e ouvir tudo que me dizes...

em silêncio....

quarta-feira, 2 de abril de 2008

É bom recordar.....


Sendo a mais nova de muitos irmãos,á sempre uma altura ou outra em que todos reunidos(ou quase todos)vem á memoria aquelas historias de criança,
historias simples é verdade, mas cheias de coisas boas de lembrar...
Apesar de sermos muitos e dos tempos serem difíceis, sempre houve muito amor, muita união...
apesar de haver situações de dizer ...parecem "cão e gato" a verdade é que quando a era preciso estávamos lá uns para os outros(e ainda estamos...o que é muito bom).
Surgem então aquelas expressões...olha lembras-te naquele dia em que fizeste essa cicatriz que tens no braço?...e então não havia de lembrar....continua aqui vivinha da silva , parece uma lagartixa, que não sai do sitio onde parou e ali ficou imóvel á muitos, muitos anos atrás.
Continua viva a razão pela qual ela foi feita, na altura sem dar conta do que se tinha passado..só mesmo quando vi todo aquele sangue sair do buraco feito na camisola bicolor entre o verde e o lilás...aquelas luzes já mais tarde no hospital onde a minha irmã mais velha me levou, para ser tratada..o medo de tudo em volta..tudo novo..nunca na minha vida tinha levado pontos, a verdade é que era muito pequena...e tinha sempre como protectores os mais velhos, que zelavam para que nada de mal acontecesse comigo,...naquele dia foi uma aventura e tanto...
a perseguição feita por mim e um dos meus irmãos mais velhos ...como se fossemos dois espiões...achei piada quando me disse "vamos segui lo"..claro que vamos, apesar de pequena sempre estava pronta para mais uma aventura, mesmo que isso fosse feito no próprio quintal...uma aventura é sempre uma aventura...
Mas depois dessa vieram muitas outras...os piqueniques feitos dentro do galinheiro das galinhas,..que na altura deixaram o espaço vazio para satisfazer a necessidade da panela...
Tudo o que havia no quintal, e que nos podessemos comer servia de farnel, os tomates plantados pelo meu pai..as cebolas novinhas com sal,..a broa cozida pela minha mãe, e que nos gostávamos de roubar as côdeas(ela sempre ficava zangada quando via a broa careca, como ela dizia) tudo isso era um manjar dos deuses...
Coisas simples, com muito sabor e agora com outro sabor ...o da saudade...sim porque as coisas simples são as que me deixam mais saudades...e que bom é lembrar desses sabores ...dos cheiros dos campos onde brincávamos, outras vezes a trabalhar,...sim porque na altura da batata todos ajudavam, nas vindimas...o vinho doce pisado pelos rapazes...humm ainda hoje gosto de saborear, aquele gostinho doce na boca..sabe tão bem.
O melhor de tudo era a inocência das brincadeiras, o poder fazer os recados da mãe sem medo de andar na rua...o bom dia dado por todos..a escola sempre com coisas novas, os jogos feitos no recreio...até os poucos castigos que recebi dados (com toda a razão) pela professora , que revi á bem pouco tempo e com muito prazer, pois ela ainda se lembrava de uma das asneiras em que eu como apreciadora de uma boa aventura ajudei a fazer...tudo isso me faz sorrir...a mim e aos meus filhos, quando ouvem estas historias ...
E tudo isso são coisas simples..como eu sempre fui e espero continuar a ser.
Uma coisa que acho já não ter, é este olhar inocente e curioso(embora continue a ser..curiosa)que com os anos ..a vida... se modificou...se transformou...
Olho para esta foto e de uma certa forma vejo a minha filha...que ainda tem este olhar..de criança.
Pena é que agora, as nossas crianças parecem ter pressa de crescer..ser grandes...mal eles sabem que o tempo de criança é maravilhoso, e passa tão depressa ...quem me dera voltar..nem que fosse por um dia, a ser criança(resta me as vezes fingir que ainda sou como eles...com eles..).
Espero que eles , assim como eu tenho , possam ter boas recordações deste tempo que é deles..
Huumm..que bom é recordar...