terça-feira, 6 de maio de 2008

Um corpo..


Um corpo esquecido ,
á beira do mar
Um corpo vencido,
de tanto amar
Um corpo quebrado,
pelas ondas do tempo
Um corpo perdido,
no teu pensamento.




.

14 comentários:

mateo disse...

Um corpo esquecido, vencido, quebrado e perdido, à beira-mar, tem encontrado marcado com um pescador.
Beijo.

de dentro pra fora.... disse...

Quem sabe!? o seu salvador...

G.D.M. (Wolf) disse...

Como eu te sei...ler..

é lindo..

Beijinho .. miga

Ni disse...

Estes corpos são esculturas trabalhadas pela vida... não passarão indiferentes a alguém que a aprecie.

Coragem disse...

Tantos são os corpos que se perdem, sem nunca mais se encontrarem, o corpo pode-se perder ou esquecer, mas o conteudo da alma mantem-se para todo o sempre.
Beijo

de dentro pra fora.... disse...

Haverá sempre alguem capaz de apreciar todo a beleza,esculpida pela vida..

Vida de Praia disse...

Um corpo dorido
de tanto sofrer
e esperar e perder.

de dentro pra fora.... disse...

"Um corpo dorido
de tanto sofrer
e esperar e perder."

"Ansiando um novo amanhecer"

BlueVelvet disse...

Como sou nova no teu cantinho ainda não conhecia estes dotes.
Mas gostei muitíssimo.
E a foto, uma beleza.
Parabéns e veludinhos azuis

Patti disse...

A menina anda muito poética.

Seria uma sereia?

de dentro pra fora.... disse...

Sabes blue, não diria que são dotes, apenas pensamentos que as vezes consigo passar para fora...nem sempre é facil, as vezes aparecem mas não tendo onde os escrever ou a facilidade para os escrever...perdem-se...
Mas sabe me bem quando consigo...

de dentro pra fora.... disse...

Oh! Patti, poetica eu!?
Quem me dera saber fazer poesia,
as vezes sai assim um ..."ar da minha graça" , só isso :)

Mas se calhar tens razão, seria mesmo uma sereia, que virou mulher?

Carla disse...

...a imensidão de sentimentos que um corpo pode provocar
lindas palavras

de dentro pra fora.... disse...

Tal qual a imensidão do mar..