domingo, 29 de junho de 2008

Dentro...




Por dentro de mim
sítios escondidos
Vestidos de solidão


Por dentro de mim
Há gritos calados
De amor , de paixão


Por dentro de mim
O silencio da noite escuta...
O que saí sem voz do coração


Por dentro de mim
há uma noite ...
Que procura o dia dentro de mim...


14 comentários:

Coragem disse...

De dentro para fora de ti...
Há vida,
há amor,
há sonho,
e realidade.

Beijinho

Pitanga Doce disse...

O pior silêncio é o a dois...

bjs de Pitanga

de dentro pra fora.... disse...

Coragem
Se assim não fosse ...nada faria sentido...

de dentro pra fora.... disse...

Pitanga

o pior silêncio,... é aquele que não queremos ouvir(sentir)

Borboleta disse...

Manda fora essa solidão!
Grita bem alto o que te vai no Coração!

Escuta sentindo
e vive sorrindo!!

Só assim, tudo terá e fará mais sentido!
Sê Feliz!

Beijinhos

Patti disse...

Devemos sempre dar ouvidos ao silêncio. Ele tem sempre muita coisa para nos dizer.

de dentro pra fora.... disse...

Borboleta

"Escuta sentindo
e vive sorrindo!!"

Faço para que assim seja,...
Nem sempre consigo(posso) gritar, o que vai aqui...

de dentro pra fora.... disse...

Patti

Costumo pensar assim, mas ás vezes fico com duvidas...ou então serei eu a não querer ouvir o que tem para me dizer!.. :(

D.Antónia Ferreirinha disse...

Encontraste o dia?
Espero que sim, rsrsrsrs.
Estou a brincar mas gostei de ler.
:-)))))
Beijinho.

BlueVelvet disse...

Há silêncios que nos levam a outras descobertas...se os ouvirmos.
Encontráste o dia?
Beijinhos e veludinhos azuis

LeniB disse...

Espero que a noite que te invade desapareça depressa para dar lugar a dias solarengos e cheios de alegria....eu sei que o que escreveste é um poema e bem podes não sentir nada disto...mas....
bjs

de dentro pra fora.... disse...

Ferreirinha

o dia nasceu...não quer dizer que tenha sido mt solarengo..:(
há dias assim..

de dentro pra fora.... disse...

Blue

também há silencios que eu não gosto de ouvir..

de dentro pra fora.... disse...

Lenib

eu diria antes, a tentativa de um poema...por norma escrevo o que sinto, não faço disso regra, mas este não foi excepção... :(