segunda-feira, 14 de julho de 2008

As primeiras...

.



A primeira lágrima de amor vertida parece um diamante;

a segunda uma pérola ;

a terceira , uma lágrima.

A. Poincelot


Tal como o primeiro beijo, do nosso primeiro amor, temos as primeiras lágrimas de amor .

Muitas vezes escondidas de tudo e de todos, talvez por acharmos que por isso nos tornamos fracos, frágeis...

Qual de nós não deixou que elas nos molhassem o rosto num acto de tristeza, ou desilusão, achando que o mundo vai acabar ali no momento seguinte...

È assim quando se sofre de amor , do primeiro amor, ...

Depois vem outro dia, e outro e então vemos que afinal o mundo não acabou ali , naquele instante de sofrimento, a vida continua, e as lágrimas que choramos tornaram-se mais leves...

Atrás de um amor vem outro, e ainda bem, mas as lágrimas vêem junto, podem não ser de sofrimento, ...podem ser de alegria, ...de uma forma ou de outra estão lá...

Fazem par com o amor, eu acho!....

Não sei explicar porquê, apenas acho...

.

14 comentários:

Coragem disse...

Eu confesso-me uma chorona...
Irrita-me um pouco, mas a verdde é que o sou, choro de tristeza e de alegria também, sou emotiva demais para o meu gosto.

Os primeiros amores, nem lembro muito bem, mas sei que cada vez que amava era para sempre, um sempre que pouco ou nada durava...

Beijinho

de dentro pra fora.... disse...

Bom , já não sou só eu...
assim como sou de sorriso facil,as lagrimas tambem correm soltas, ás vezes por tudo e por nada, rsss...
mas somos assim...

Os meus primeiros amores, ui! foi tudo tão dramatico,...no primeiro e segundo dia é claro, chorava baba e ranho, mas logo passava... :))
naquela idade é assim mesmo

Coragem disse...

Essas mesmas lágrimas que vão caindo pelo rosto dos nosos filhos.

Queria tanto poder dizer-lhes que são breves e tão bonitas para mais tarde recordar...Mas é dificil, porque quem as sente...é de forma unica e avassaladora, como se não houvesse mais amanhã.

Ao mesmo tempo, sentir que amam, é algo extraordinário...

Beijinho

Pjsoueu disse...

Bem, bem... Sou muito macho pa chorar e abordar esse tema....rsrsrsrss

Claro que essa não é a minha forma de ver a vida nem as lágrimas.

-As lágrimas não tem sexo.

As lágrimas foram-nos dadas - não só para irrigar o globo ocular - mas, e principalmente para aliviar a dor; seja dor de saudade, por perda de alguém que amamos ou pela dor que os nossos "amores" também sentem...

Chorar lava a alma e ajuda.nos a ver mais claramente o que os outros também sentem:)

bjo do Pj:)

de dentro pra fora.... disse...

É verdade é preciso passar por elas, só depois se vê que afinal o sol nasce novamente e tudo que parecia tão eterno afinal era tão efémero, mas lindo, para mais tarde recordar...sem duvida sentimentos únicos..

de dentro pra fora.... disse...

PJ

As lagrimas são de quem as sente...
Admiro o homem que não esconde as suas lágrimas...

bj para o PJ :))

Pjsoueu disse...

Dentro: :)bjos

Pitanga Doce disse...

Lágrimas sentidas, e derramadas sem pudores valem mais que duas horas de análise.

beijos do lado de cá.

de dentro pra fora.... disse...

Pitanga

É verdade sim senhor... e cá para nós, bem mais barato, né!?

Beijinho "tripeiro"

1/4 de Fada disse...

Lembro-me muito bem das primeiras lágrimas de amor. Hoje choro com dificuldade - choro nos filmes, choro com a música - mas na vida choro muito pouco. Às vezes penso que gastei as lágrimas...

Anónimo disse...

Tem um blog muito colorido , quase que me emocionei só de o ver ( a )

:)

de dentro pra fora.... disse...

1/4

Eu compreendo...por vezes a vida seca nos as lagrimas...talvez porque em certos momentos pecamos por excesso, e acabamos endurecidos(mas não insensiveis) pela vida

de dentro pra fora.... disse...

OLá Anónimo :))
Bem vindo...ainda bem que gostas-te :)
Mas tanta emoção?? o caso não é para tanto ('.')
porta-te bem..

BlueVelvet disse...

Choro que me farto: de tristeza, de comoção, de saudade...sei lá.
Mas que amor e lágrimas, normalmente andam juntos, disso não há dúvidas.
Beijinhos linda