segunda-feira, 27 de outubro de 2008

....



Tenho andado um pouco(muito) afastada daqui, talvez porque o que tenha para partilhar não sejam coisas boas.

Apenas problemas que apesar de não serem meus me tenham posto um pouco a 'leste' de tudo, por muito que tente e acreditem que tenho tentado, não consigo afastar-me...

Esta vida não é a minha, os problemas também não são os meus, por isso não serei eu a ter de os resolver, mas no que eu puder vou ajudar.

Se há coisa que não consigo ver, porque me dá a volta a tudo o que tenho cá dentro, ao melhor e ao pior de mim... a mesquinhez das pessoas e sendo ela tanta, mas tanta que até lhes deturpa a visão não conseguindo ver com clareza a verdade dos factos, da vida,..apenas conseguem ver a verdade criada por elas, e só para elas, passando por cima dos sentimentos dos outros, mesmo que sejam as pessoas que supostamente mais amam no mundo, não percebo...

Quando pensamos : bom acho que não há maldade maior...eis que aparece mais uma brilhante ideia destas cabeças, que quanto a mim só podem estar podres, ocas, secas , tal é o cheiro que deixam escapar..

Sei que tenho a minha vida a ser vivida da melhor maneira que sei e posso, sei também que há quem pense que é uma perda de tempo esta minha preocupação com os outros. Estes outros são pessoas de quem gosto muito e a quem me custa ver sofrer...é difícil gerir este sentimento de revolta, tenho me sentido assim ...

Darei todo apoio que possa, apesar de não viver em função, nem para os outros(a não ser dos meus filhos)pois a vida é de cada um de nós...

Mas se puder ajudar porque não?

Espero dias mais soalheiros, que me façam mudar de humor..

12 comentários:

Patti disse...

Devemos sempre ajudar os outros e faz-lhes muito bem sentir um ombro amigo. O mal é que depois se entra num caminho sem volta e se vive problemas que não são nossos. Dizes que tal não se passa contigo, mas inicias o teu post dizendo que te tens afastado do blog por causa de problemas de outros.
Tem cuidado contigo, primeiro que tudo.
Bjs.

O QUATORZE disse...

Boa Noite
Existem coisas faceis de ultrapassar outras não, umas aceitam-se outras não.
Espero esteja e fique bem.
Amizade
LUIS 14

Coragem disse...

Bem a propósito do meu post, do tempo que se dedica aos outros...
sabes minha linda,quem sou eu, para condenar ou dizer que está errado ou deixa de estar a tua atitude.
Há muito que vivo a vida dos outros, não quer dizer com isto, que me sinta feliz por fazê-lo, são atitudes... que não posso deixar de as tomar.

Mas, tenho noção, do tempo que disponho com terceiros, deixo eu de viver o meu, e, se não tomasse uma medida, poderia eu ter deixado de viver a vida que gosto, para viver a de quem não gosta de nada.

Beijinho e espero, seja lá o que for, que se resolva para bem de todos.

Pitanga Doce disse...

Isto é tão típico de nós mulheres e principalmente mães. A vida não é nossa, os problemas não fomos nós quem os arranjou e no entanto nos incomoda tanto!

de dentro pra fora.... disse...

Patti
..já percebi isso, mesmo assim é difícil passar ao lado..

de dentro pra fora.... disse...

14

Tem toda a razão, há coisa que não consigo de forma alguma aceitar..

Obrigado, ficarei bem

de dentro pra fora.... disse...

Coragem

Eu também assim o espero...principalmente pelo bem dos inôcentes desta história

de dentro pra fora.... disse...

Pitanga

Chego a ficar incomodada com o incomodo que certas coisas me causam, mas eu sou assim...

BlueVelvet disse...

É muito difícil afastar os amigos quando eles têm problemas.
Aliás, amigos que só servem para os bons momentos, não são amigos.`
Tomara que os que te preocupam agora, se resolvam para que encontres a tua vida, de novo.
Beijinhos

Patti disse...

Nunca escrevi para passares ao lado!

de dentro pra fora.... disse...

Bluevelvet

Eu também assim o espero...embbora saiba que está dificil, mas quem sabe quando menos se espera.. :)

de dentro pra fora.... disse...

Patti

Sei que não :) apenas queria dizer que embora ás vezes o quisesse fazer nem sempre consigo deixar de viver os problemas dos outros..