quinta-feira, 12 de março de 2009

..


Entro, fecho a porta e deixo-me envolver pela neblina que me toca a pele
o calor que me aconchega a alma...
Procuro aquele cantinho onde me sento, onde me deixo levar pelos pensamentos que me invadem...
O silencio por companhia...só ele e eu, só nós...
Deixo que o tempo passe, sinto -me relaxar...
São momentos só meus, tão meus, que me fazem repor energias.
A neblina cobriu todo o meu corpo, quase cobriu a minha alma...
Saio então de novo para o mundo que me espera, com tudo mais leve aos meus olhos
Sabem-me bem estes momentos a sós....




( e tudo isto , depois de um belo banho turco, feito em silencio...bom para meditar)

7 comentários:

Renato de Oliveira disse...

Oi, que belo texto visando a solidão solicitada!

Muito belo e sensual!

Parabéns!

Beijinho,

Renato

BlueVelvet disse...

Banho turco, é?
Isso inspira-te, já percebi.
Portanto por aqui não há crise:)))
Beijokas e boa sexta-feira 13

Pitanga Doce disse...

Hoje não há neblina por cá. Depois do temperal de ontem o Sol apareceu e trouxe junto o calor.

Estes momentos a sós, só nossos, e de mais ninguém são revigorantes.

bom fim de semana, menina do Norte.

Portaria ILEGAL disse...

Está mal disposto?
Vá aqui: http://portaria-59.blogspot.com/2009/03/o-melhor-pais-do-mundo.html
Cumprimentos e bom fim-de-semana.

LeniB disse...

O silêncio é, em muitos casos, um belíssimo companheiro!!
bjs

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É nos cada vez mais raros momentos de silêncioe solidão que crescemos, evoluímos e traçamos o nosso rumo. Gosto muito dessses momentos em que estou comigo.

A.S. disse...

Na intimidade dos momentos silenciosos, sentimos que todas as emoções são mais intensas... deixamos pairar os sonhos pala além do horizonte!...

Um beijo...