quarta-feira, 25 de março de 2009

....


> Estava um micaelense sentado no cafe quando, de repente, entra um
> amigo que ele ja nao via ha varios anos. Ele fica todo contente por
> ver o amigo e convida-o a tomar um cafe e diz:
>
> 'Uê Manél! À canes kê na te veia. Pondé k teins andáde?' e o Manel responde,
>
> 'Ê pá, ê tive ná mérica'.
>
> 'Tu tevêste ná mérica? A fazê o kê?', pergunta o amigo do Manel.
>
> 'Ê pá, ê tive estedânde'.
>
> 'Tevéste estedânde? O kê?'
>
> 'Ê pá, ê tive estedânde a lôgica', disse o Manel.
>
> 'A lôgica?? K é isse??' perguntou o amigo.
>
> 'Ê pá, ê vou-te esplicá. Por exêmple, tu gôstas do mar?',
>
> 'gôsto' disse o amigo,
>
> 'entôn, se gostas do mar, gôstas de pêixe',
>
> 'gôste',
>
> 'entôn, se gôstas de pêixe, gôstas de cerêias',
>
> 'gôste',
>
> 'entôn, se gôstas de cerêias, gôstas de mulhés',
>
> 'gôste',
>
> 'entôn, isse é a lôgica', disse o Manel.
>
> 'Ah, já entêndi...a lôgica'.
>
> Conversaram mais um pedaço e por fim o Manel foi embora.
>
> Nesse mesmo dia, o amigo do Manel encontra outro amigo e pergunta 'Ê
> pá, sâbes kêm fô kê vi? O Manél!',
>
> 'O Manél? Ê na vêjo esse gâjo à anes! Kê ké fêite dêle?', pergunta o
> outo amigo e então o outro responde:
>
> 'têve ná mérica estedânde a lôgica',
>
> 'a lôgica?? Kê isse?',
>
> 'óme, ê esplike, 'tu gôstas do már?',
>
> 'nao' disse o outro,
>
> 'tu na gôstas do mar ??? !!! Entôn és panelêiro!'