quarta-feira, 18 de março de 2009

È assim...

.






Sinto-me dona do tempo quando te dou a mão

Quando me fazes voar sem asas

quando ponho os pés no chão...


Sinto-me dona de mim, quando teu corpo cola ao meu

num desejo que é só nosso

Quando somos um só "Eu"...


Sinto-me dona do mundo, quando vejo em teu olhar

tudo o que ele me diz

sem ser preciso falar...


Sinto-me dona de tudo, ou será apenas um desejo...

pois não consigo evitar esta tristeza no olhar

nos dias em que não te vejo...




...

2 comentários:

Vida de Praia disse...

É sempre mais aconchegante a dois.

Renato de Oliveira disse...

Olá!

"As coisas mais lindas da vida, não podem ser vistas nem tocadas...
Mas sim, sentidas pelo Coração"

Beijinho,

Renato