segunda-feira, 8 de março de 2010

A todas nós...


Enquanto estiveres viva, sente-te viva.

Se sentes saudades do que fazias, volta a fazê-lo.

Não vivas de fotografias amarelecidas...

Continua, quando todos esperam que desistas.

Não deixes que enferruge o ferro que existe em ti.

Faz com que em vez de pena, te tenham respeito.

Quando não conseguires correr através dos anos,

Trota

Quando não conseguires trotar, caminha.

Quando não conseguires caminhar, usa uma bengala.

Mas nunca te detenhas!!!





Madre Teresa de Calcutá

2 comentários:

Pitanga Doce disse...

...e SONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

de dentro pra fora.... disse...

è Pitanga...essa parte eu também gosto... :)