terça-feira, 20 de abril de 2010

..hoje é assim...



Sinto-me mergulhada num sentimento sem sentido...
num esforço tremendo tento manter-me á tona, respiro com dificuldade,
tento emergir de cada vez que este "mar" me engole.
Subo de novo á superfície, ...mais uma golfada de ar para me manter viva,alerta...
continuo a tentar, quero alcançar a margem para descansar depois desta tempestade que me arrasta.
Medimos forças eu e ela, sei que apesar do cansaço, preciso vencer.
Não, não posso baixar os braços, tenho de continuar a tentar, nem sempre é fácil,
eu sei...mais fácil é desistir, mas não posso, não quero!
Respiro de novo...sei que vou conseguir.
Como todas as "tempestades" também esta vai passar...
Por enquanto o melhor mesmo é deixar-me levar pela corrente,que é mais forte que eu, não desisti, apenas quero ganhar tempo, novas forças para a seguir continuar...
Depois da "tempestade" há de chegar a bonança, e eu vou estar aqui, como sempre...





.

4 comentários:

Vida de Praia disse...

Respira fundo e aguarda pelo sol ;-)

de dentro pra fora.... disse...

eu espero...:))

Pitanga Doce disse...

Não te apresses. Dá-te o tempo. Vem devagar que estás quase a chegar à margem.

Sabe? Às vezes é preciso bater o pé no fundo.

beijos prima!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

aprecio a sua capacidade de lutar e não desistir. Força!